Do it yourself: por que se tornar o seu próprio personal organizer?

Veja alguns motivos para se tornar seu próprio personal organizer e adotar práticas que vão ajudá-lo na forma de arrumar seus ambientes

Se existe um profissional capaz de lidar com a organização de ambientes como ninguém, ele é o personal organizer. É claro que você não precisa necessariamente seguir este caminho como uma possível profissão, mas certamente pode aprender com eles algumas boas práticas para adotar no seu dia a dia. 

Para ajudá-lo a identificar se esse é um caminho que vale a pena considerar, preparamos algumas considerações importantes sobre como se tornar um personal organizer e quais os benefícios envolvidos. Vamos dar uma olhada.

O que é personal organizer?

Um personal organizer é uma pessoa que trabalha com clientes para projetar sistemas e processos pelos quais eles podem aprender habilidades organizacionais que os ajudarão a melhorar sua qualidade de vida. 

Um personal organizer também pode servir como educador, ensinando às pessoas a importância da organização e como ela pode melhorar todas as áreas de suas vidas.

O que é necessário para ser um personal organizer?

As características de um personal organizer incluem ser uma pessoa sociável, alguém que gosta de ajudar os outros e que tem um amor verdadeiro pela organização. Um organizador adora ver como seus serviços ajudam a transformar a vida das pessoas para melhor.

Trabalhar com clientes pode ser muito íntimo porque eles estão abrindo sua casa e / ou escritório e sua vida para você. Eles estão confiando em você para ajudá-los a melhorar suas habilidades e viver uma vida melhor.

Se você é o tipo de pessoa que deseja “um lugar para tudo e tudo em seu lugar”, esse é um bom começo em termos de habilidades organizacionais. Você também deve considerar o treinamento ou, pelo menos, a leitura de livros sobre o assunto para que possa desenvolver um modelo, ou processo, para trabalhar com qualquer novo cliente e aplicar seus novos conhecimentos em sua própria rotina.

Se você não tem certeza de que essa é a escolha certa para você, comece olhando ao redor de sua própria casa. É tão bem organizado quanto poderia ser? Outra opção para testar as águas é oferecer um projeto grátis para um amigo, vizinho ou parente e ver no que dá. 

Acredite ou não, há muito mais para se tornar um personal organizer do que rotular e dobrar roupas. 

Criar uma casa prática, limpa e organizada é a prioridade número um de um personal organizer, mas, como acontece com qualquer trabalho, suas responsabilidades do dia a dia exigem uma série de habilidades mais suaves – e essas habilidades não organizacionais podem significar a diferença entre um bom organizador e um ruim

Benefícios de ser personal organizer

Veja algumas dos benefícios envolvidos quando você começa a aplicar os conceitos da carreira de personal organizer:

1 – Desenvolve sua discrição

No processo de arquivamento de roupas, brinquedos e revistas, um personal organizer também pode tropeçar em documentos importantes (e confidenciais), como contas, contratos e notas médicas. 

A desordem pode variar de documentos financeiros e detalhes de divórcio a memórias sentimentais, itens de um momento particularmente difícil no passado ou até mesmo itens que você precisa segurar para se livrar. É parte do trabalho de um bom personal organizer ser discreto com o que vê e profissional com tudo o que é feito ou falado.

2 – É uma atividade terapêutica

É muito comum encontrar dicas pela internet que incentivam as pessoas a descartar qualquer coisa que não lhes dê alegria, mas o processo, na prática, não é tão simples. 

Claro, pode não ser difícil para um profissional (e um estranho) jogar fora um monte de camisetas velhas ou projetos de artesanato, mas pode ser difícil para os clientes.

É aí que um personal organizer precisa praticar a compaixão.

As pessoas muitas vezes resistem em assumir projetos de organização em suas casas por causa do quão opressor ou inerentemente emocional isso pode ser.

Os organizadores profissionais precisam arrumar as casas de seus clientes, mas também precisam ajudá-los durante esse período emocional, especialmente se desejam que os novos hábitos de organização permaneçam.

É claro que isso não significa que ser um personal organizer equivale a ser um terapeuta, mas a sensação de poder gerar alívio para as pessoas por meio da organização é algo fantástico.

3 – Desenvolve uma postura flexível

Está convencido de que o processo de organização é moleza? Pense novamente – arrumar uma casa pode vir com muitas reviravoltas inesperadas.

Há sempre uma caixa surpreendente de itens que é mais emocional para os clientes mexerem do que outras.

Você não terá nenhuma ideia do que será até que esteja mergulhado até os joelhos no processo.

É exatamente por isso que é tão importante para um personal organizer ser capaz de ler o ambiente e se adaptar de acordo

Obstáculos, como encontrar aquela caixa surpresa com seus pertences ou precisar de mais contêineres do que o previsto, podem ser frustrantes e adicionar tempo a um projeto, mas pode ser importante desacelerar assim que um cliente se emocionar durante o processo.

4 – Capacidade de ser multitarefa

Só porque os organizadores profissionais estão cumprindo uma tarefa muito específica – arrumar o seu espaço – não significa que eles não precisam fazer várias tarefas ao mesmo tempo. 

No final do dia, a maioria dos organizadores está administrando seus próprios negócios, o que significa que seus dias consistem em muito mais do que dobrar e arquivar.

Sempre haverá muitos projetos de clientes em andamento ao mesmo tempo. Sempre haverá um e-mail precisando de uma resposta, um pedido pronto para ser colocado ou retirado, um problema no plano de organização, prioridades conflitantes e muito mais.

Fazer malabarismos com tudo isso – enquanto realmente faz o trabalho de organização – colocará qualquer personal organizer no caminho do sucesso.

Portanto lembre- se que a carreira de personal organizer tem muito a oferecer para você. Seja como um possível novo emprego ou como ensinamentos que vão tornar sua vida mais prática.

Da próxima vez que precisar arrumar uma grande bagunça ou organizar sua unidade de guarda móveis, pense em como fazer as coisas de forma profissional e garanta que as coisas sejam resolvidas com muito mais facilidade!